O Município

Fundada em 27 de novembro de 1868, a cidade de São Gonçalo do Amarante, anteriormente denominada Anacetaba, fica localizada na Região Metropolitana de Fortaleza e no Vale do Curu. Segundo o último censo demográfico, o município tem uma população estimada de 43 mil habitantes.

São Gonçalo do Amarante teve evoluções notáveis com a chegada das primeiras famílias (Gouveia, Alcântara e Martins), passou por diversos nomes e logo foi emancipado, virando assim um município. A cidade começou a dar grandes passos na economia e infraestrutura e, hoje, conta com um dos maiores complexos portuários do mundo: o Porto do Pecém.

O município gonçalense conta com 7 distritos (Pecém, Taíba, Siupé, Umarituba, Croatá, Serrote, Cágado), Sede Administrativa e 124 comunidades.

Com destaque para sua variedade de pontos turísticos, como as praias da Taíba e do Pecém, e para seu valor industrial, em seus 153 anos, São Gonçalo do Amarante chega em 2022 como um dos municípios mais importantes do Estado do Ceará.

A cidade, atualmente, é administrada pelo prefeito Marcelo Ferreira Teles.

Estas vázeas que o sol cearense espousaram,
E onde a brisa festiva fala coisas de amor,
Nessas plagas,outroras ,revéis dominaram,
Os virís Anacés, com todo seu valor.

(Refrão)
São Gonçalo, celeiro ditoso,
De filhos puljantes,
Em palavras e ação,
Recebe, ó minha terra,
Estes versos vibrantes,
Que fluem do peito,
Com grande emoção.

As carnaubas altivas em noite de lua,
E que o luar eterno beija em doces madrigais,
Vêm lembrar, com razão e para vaidade tua,
Que és gentil noiva dos carnaubais.

Tuas dunas tão alvas e prais enfeitadas,
De coqueiros algustos e verdes cajuais,
Tuas bravas jangadas que ao mar são lançadas,
Refletem o arrojo dos teus ideais.

Simbolismo

O conjunto das cores representa o equilíbrio harmonioso. Separadamente, cada cor possui um significado:

  • Azul – o céu;
  • Branco – a paz;
  • Verde – o mar;
  • Amarelo (ouro) – o sol.

As estrelas simbolizam os sete distritos do município e sua distribuição na bandeira é dada em função da posição geográfica dos mesmos no território municipal.

Skip to content