EDITAL N° 40/2018 CONVOCAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA: Senhores proprietários e/ou representantes de bares, lanchonetes, restaurantes e assemelhados, e demais interessados, do Município de São Gonçalo do Amarante - -CE

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ

JUÍZO DA 36° ZONA ELEITORAL

O Excelentíssimo Dr.César de Barros Lima, Juiz da 36° Zona Eleitoral, com sede no Município de São Gonçalo do Amarante - CE, no uso de suas atribuições legais, e nos termos da Lei 9.504/177, etc.

CONVOCA os senhores proprietários e/ou representantes de bares, lanchonetes, restaurantes e assemelhados, e demais interessados, do Município de São Gonçalo do Amarante - -CE, para uma AUDIÊNCIA PÚBLICA que será realizado dia 19 de setembro de 2018( quarta- feira), às 10h00, no Auditório da 4°CIA do 12° Batalhão de Polícia Militar do Pecém.

EDITAL N° 40/2018 CONVOCAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA

 

 

Seminário discute temática afro-brasileira e indígena no distrito do Pecém

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As heranças históricas são os temas do Seminário Municipal Afro-brasileiro e Indígena, realizado nos dias 30 e 31 de agosto na EMEF José Maria Barros Pinho, no Pecém.

A programação contou com palestras, oficinas e feira cultural que contribuíram para a formação de professores e alunos.

Tudo isso está de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para as Relações Étnico-Raciais e Ensino da História e Cultura Afro-Brasileira, Africana e Indígena.

 

O evento também ajuda a manter a conquista do Selo Unicef.

O Seminário Municipal Afro-Brasileiro e Indígena foi realizado pelo Governo Municipal de São Gonçalo do Amarante, através da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a editora Caminhar.

Informações: Assessoria de Comunicação – Asscom.

Prefeito recepciona vice-governadora em visita à Smart City

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Prefeito Cláudio Pinho recebeu na manhã de ontem (30) a vice-governadora Izolda Cela, que conheceu a cidade inteligente - Smart City.

Uma cidade para cerca de 25 mil habitantes, com inovação tecnológica já aplicada em áreas urbanas. Ela torna a vida das pessoas que vivem em cidades ou bairros inteligentes mais econômica, comparando com os bairros tradicionais, bem como mais sustentável e socialmente inclusiva.

Estiveram presentes o presidente da Câmara Ednaldo Lopes, os vereadores Péricles Ribeiro e Magno, secretário de Desenvolvimento Econômico Victor Samuel, lideranças, estudantes e a população local. 

        Com informações da Assessoria de Comunicação – Asscom.

 

Fórum discute direitos das mulheres gonçalenses

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foi realizado nos dia 29 e 30 de agosto, na EEEP Walter Ramos de Araújo, o 1º Fórum de Direitos da Mulher Gonçalense. Os presentes puderam participar de um momento onde eram discutidas políticas públicas para as mulheres de São Gonçalo do Amarante.

 

"Objetivo deste evento é estimular a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres de São Gonçalo do Amarante. Também será realizada a firmação de uma parceria entre o Judiciário e o Governo Municipal para a realização de um projeto que vai empoderar as mulheres que foram vítimas e colaborar para que o agressor não retorne a cometer esse crime." explica a secretária de Trabalho e Desenvolvimento Social, Vênus Andrade.

 

O projeto se chama Diálogos de Paz,  de autoria da Juíza de Direito da II Comarca de São Gonçalo do Amarante, Ana Cláudia Gomes de Melo. O objetivo defende que a violência doméstica não é natural, e que pode ser combatida a partir de práticas simples, como a denúncia por parte da vítima e o confronto do agressor com sua conduta agressiva, fazendo-o retificar subjetivamente tal conduta.

 

"Você realizar um evento como este onde Judiciário, o Governo Municipal e a sociedade estão reunidos e discutindo esse tema é muito importante. A violência doméstica e familiar ainda é do íntimo, que acontece em casa. Se não tivermos toda uma rede acionada, na qual se inclua a sociedade, nós nunca iremos conseguir enfrentar esse problema.", salienta Camila Silveira, coordenadora da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Mulheres do Governo do Estado do Ceará. 

 

A programação contou com palestras, mesas redondas e apresentações acerca do tema. O 1º Fórum de Direitos da Mulher Gonçalense foi uma realização da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres de São Gonçalo do Amarante.

Subcategorias