Prefeitura de SGA inaugura novo Centro de Educação Infantil na Várzea Redonda

Em cerimônia virtual, o Prefeito Cláudio Pinho inaugurou, nessa terça-feira, 4 de agosto de 2020, o novo Centro de Educação Infantil (CEI) Paraíso da Criança, na localidade de Várzea Redonda, no Distrito de Serrote. A solenidade foi transmitida ao vivo pelas redes sociais (Facebook e Instagram), em virtude da pandemia do novo coronavírus. 

O novo equipamento estava sendo aguardado pela comunidade. A mãe do pequeno Elias, Orleânea Aragão, ressaltou que o espaço era um sonho da nossa comunidade. ‘’Como mãe, contar com um espaço como este é muito maravilhoso. O sonho agora virou realidade” contou. 

O Centro de Educação Infantil conta com um amplo e moderno espaço, medindo cerca de 2 mil metros quadrados de terreno e 800 metros de área construída, contando com salas de aula, dormitórios, cozinha, dispensa, banheiros, salas da administração, além de contar com área externa urbanizada, no espaço externo da creche com calçada ao redor da edificação.

Durante a transmissão, o Prefeito Cláudio Pinho destacou a história de luta da comunidade pela qualidade da educação local e os avanços com a chegada do novo CEI. “Momento de pandemia, onde estamos aqui na entrega deste importante equipamento da Educação Infantil para receber, assim que possível, os alunos da comunidade da Várzea Redonda e adjacências. Os esforços são grandes para que se façam os investimentos necessários na educação de nossa cidade’’, disse.

Na ocasião, o prefeito destacou que São Gonçalo do Amarante tem alcançado índices na educação mais que satisfatórios e isso é uma prova do compromisso que a gestão tem com a cidade. ‘’Educação é uma das formas de melhorar a vida das pessoas e garantir o futuro de nossas crianças”, comemorou. 

O Secretário Municipal de Educação, Guerreiro Neto, também comemorou a entrega da nova unidade de ensino. “Este equipamento é fruto de muito esforço e empenho de toda a equipe da Gestão e representa um marco para que as famílias sintam o nosso compromisso e é também um incentivo para quando houver a possibilidade de nossas crianças retornarem às aulas”, ressaltou o secretário, lembrando que as aulas ainda continuam suspensas para garantir a segurança das crianças e adolescentes, neste momento de combate à Covid-19.

Durante a inauguração, todas as medidas de combate a disseminação do coronavírus foram respeitadas. 

Projeto irá transformar Cadeia Pública de São Gonçalo em Centro de Turismo, Arte e Cultura

Transformar as antigas instalações que abrigavam o cárcere por arte, turismo e cultura popular. Essa é proposta da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, que visa requalificar os espaços da Antiga Cadeia Pública do município em um Centro de Turismo, Arte e Cultura, nos moldes da Emcetur de Fortaleza, que antes era um presídio e hoje abriga um dos principais centros de artesanato do Estado do Ceará.

Construída em meados de 1979, a Cadeia Pública de São Gonçalo do Amarante já passou por diversas reformas e recebeu detentos até ser desativada, em 2019, pelo Governo do Estado do Ceará. De lá para cá, o prédio estava fechado.

Após esse período, surgiu a proposta de criar um espaço cultural, promovendo a arte, preservando o lugar como patrimônio histórico do município.

Para tanto, a equipe da Coordenadoria Municipal de Turismo, formada pelo Coordenador Dárdano Melo, o Coordenador do Centro de Feiras e Eventos, Pedro Carlos, e o gerente de marketing, Hércules Arizon, se reuniu com representantes da Secretaria de Cultura de SGA e da Secretaria de Empreendedorismo para discutir o projeto de transformação da antiga Casa de Detenção em um Centro de Turismo, Arte e Cultura.

De acordo com Hércules Arizon, o projeto visa preservar ao máximo, a estrutura do prédio da casa de detenção, para que não perca as características originais.

Na planta, o projeto contempla boxes para exposição de artesanatos, lojas de aviamentos, restaurante e galeria de artes. “Estamos nos reunindo com pessoas ligadas a arte, cultura e artesanato para definir os espaços. No local, abriremos uns janelões nas laterais, aproveitando as estruturas das celas masculinas, para transformar em boxes para artesanato. A cela compartilhada, será transformada em um restaurante com comidas típicas tipo uma tapiocaria. O pátio externo será transformado em palco, para realização de shows com artistas locais, com capacidade para até 100 pessoas. Teremos outros espaços ainda, como galerias de arte e banheiros”, detalhou.

A proposta ainda está sendo discutida entre a equipe da Coordenadoria Municipal de Turismo, Casa do empreendedor e outras secretarias, além de categorias de arte, cultura e turismo para finalização do processo de idealização para futuramente, dar lugar a arte, cultura e entretenimento de São Gonçalo do Amarante.

Artistas de São Gonçalo ganham benefício com o ''Cartão de Proteção Mais Cultura’’

Se você é artista informal, está desempregado e está sendo prejudicado durante a crise financeira causada pela pandemia do coronavírus, você poderá fazer parte da seletiva para receber o auxílio do ‘’Cartão de Proteção Mais Cultura’’. 

A iniciativa é da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Secretaria de Cultura (Secult) do município, que beneficiará artistas locais que residem em SGA e não possuem outra fonte de renda, e que só exercem atividades culturais como artesanato, música, teatro, dança, pintura, cultura popular e outras atividades culturais e artísticas.

As inscrições começam nesta quarta-feira, 5 de agosto de 2020, e seguem até quarta-feira, 12 de agosto de 2020. Para realizar a inscrição, os interessados devem acessar o seguinte link: https://csmais.saogoncalodoamarante.ce.gov.br/cadastro-artista

Para realizar a inscrição, os participantes devem anexar os seguintes documentos: RG (frente e verso), CPF e comprovante de endereço. 

Ao todo, serão 250 vagas para artistas e fazedores de cultura residentes em São Gonçalo do Amarante, que serão beneficiados com o auxílio, enquanto durar a pandemia.

De acordo com a titular da Secretaria de Cultura, Juliana Alcântara, o ’Cartão de Proteção Mais Cultura’’ tem como objetivo proteger segmentos mais vulneráveis em meio à crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus (Covid-19). “A Gestão Municipal entende que o momento é de cuidar das pessoas que mais precisam e os artistas também estão sofrendo por conta da pandemia. Essa é a maneira que a prefeitura encontrou para auxiliar os os artistas da terra”, explicou a secretária.

Para tanto, a secretária ressalta que o auxílio será voltado, exclusivamente, para os artistas e fazedores de cultura em situação de vulnerabilidade, devido os impactos causados pela pandemia do novo coronavírus.

Para fazer parte da seleção e receber o benefício, o participante deve atender aos seguintes critérios:

Não ter trabalho formal ativo (carteira assinada, ou ser funcionário público).

Não estar recebendo nenhum benefício do Governo Municipal, como o ‘’Cartão de Proteção Social Mais’’. Ressalvado o Programa Bolsa Família e Auxílio Emergencial do Governo Federal previsto na Lei nº 13.982, de 2 de abril de 2020.

 

Semana do Aleitamento Materno reforça a importância da amamentação

Na semana do aleitamento materno, celebrado entre o dia 1º e 7 de agosto, São Gonçalo do Amarante celebra o Projeto “Amigos do Peito”, sob a Coordenação de Nívea Correia, ele dá suporte a mães e bebês que enfrentam dificuldades no momento da amamentação.

O projeto surgiu em setembro de 2015, no Hospital Geral Luísa Alcântara e Silva, com o intuito de incentivar o aleitamento materno na primeira hora de vida do bebê e o contato pele a pele com a mãe desde o nascimento.

O projeto orienta as mães no pós-parto imediato, apoiando e ensinando a forma mais confortável para o binômio (mãe e filho) para que não haja desmame precoce nos primeiros dias de vida do bebê. O projeto acompanha a família até o sexto mês de vida da criança.

Com o passar dos meses, foi percebida a necessidade do acompanhamento da gestante com cursos e palestras, a orientação ao parto normal e a importância da presença da doula na equipe do parto, trazendo assim mais conforto e segurança para as futuras mamães no momento do parto.

No início de 2016 foi feita uma parceria com o NASF, que realiza visitas domiciliares e palestras com a equipe multidisciplinar para orientar não só a mãe, mas a família como um todo. São levados para o hospital métodos não farmacológicos, como musicoterapia e massagem de conforto.

O projeto visa o empoderamento feminino, os direitos da gestantes, orientação, incentivo ao parto normal (quando a mulher segue a gestação com os parâmetros adequados) e apoio ao aleitamento materno exclusivo com demanda livre até o 6º mês de vida do bebê e até 2 anos como complemento à alimentação, seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde.

A coordenação do Programa de Coleta de Leite Humano informa que toda mulher em período de amamentação é uma possível doadora de leite humano. Para doar, basta ser saudável e não tomar medicação que interfira na amamentação.

Para doar para o Banco de Leite de São Gonçalo do Amarante, basta entrar em contato a Agente Comunitária de Saúde da área, que irá intermediar o procedimento para a equipe de Coleta do Leite Humano.

 

Sub-categorias

Top