Disque Saúde SGA encerra serviço com mais de 500 teleatendimentos realizados para a população

Com a redução de número de casos positivos para a Covid-19, o Disque Saúde SGA encerra, nesta sexta-feira, 7 de agosto de 2020, as atividades de teleatendimento com serviços de acolhimento, orientação e cuidados necessários durante o período de isolamento social.

Desde que foi implantado, em maio de 2020, o teleatendimento realizou cerca de 532 atendimentos, com intuito de esclarecer dúvidas e dar orientações à população de São Gonçalo do Amarante, sobre os meios de prevenção e combate ao coronavírus.

O programa contou ainda, com suporte de equipe formada por multiprofissionais de diversas áreas como médico, enfermeira e equipe do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (Nasf), que atuaram na intermediação dos atendimentos como orientações sobre procedimentos clínicos, ações de saúde voltadas ao enfrentamento da Covid-19.

De acordo com Sara Pinheiro, Psicóloga do Disque Saúde SGA, durante o atendimento virtual, muitas pessoas procuraram o serviço com dificuldades emocionais, por conta da pandemia e para tirar dúvidas sobre os sintomas do novo vírus.

A psicóloga avalia que a experiência foi diferente e muito rica, para os profissionais que atuaram no teleatendimento. “Muitas pessoas procuraram o serviço angustiadas com relação ao momento de pandemia. Foi uma experiência muito importante para nós enquanto profissionais de saúde. Foi uma vivencia diferente fazer atendimento virtual sem ter o contato direto com o paciente. Foi algo impar como experiência profissional. Com a redução de casos, chegou a hora de finalizar o projeto e partir para o atendimento presencial aos nossos pacientes”, explicou.

O serviço foi uma das muitas iniciativas do Comitê de Combate ao Coronavírus – ComVida, em São Gonçalo do Amarante, com o objetivo de unir esforços para o enfrentamento à Covid-19.

 

Alunos da Rede Municipal devem participar de cultivo de hortas agroecológicas a partir do Projeto Educação Sustentável

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Secretaria Municipal de Educação, acaba de firmar, neste mês de agosto, uma importante parceria na área da sustentabilidade com a empresa Eneva para implantação do Projeto Educação Sustentável.

A iniciativa visa desenvolver o cultivo de hortas agroecológicas, com aulas prática em espaços de implantação de hortas, ao ar livre por alunos do Ensino Fundamental I e II de 11 escolas do município, a partir do retorno das aulas presenciais.

Inicialmente, professores das escolas municipais escolhidas para participar do projeto, participam de oficinas pedagógicas para a preparação das ações extracurriculares em cada escola participante. Posteriormente, irão colocar em prática o aprendizado com os alunos e a comunidade. As oficinas para os professores contam com atividades teóricas e práticas. O projeto segue todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde e de órgãos competentes de níveis Estadual e Municipal.

De acordo com o Secretário de Educação do município, Guerreiro Neto, mesmo com as aulas presenciais suspensas e com as atividades escolares funcionando remotamente, a secretaria vai iniciar a capacitação de professores das escolas contempladas. “Neste primeiro momento, apesar do retorno remoto das aulas, iremos trabalhar inicialmente com os professores, para qualificar sobre a parte teórica, dada a importância do projeto da Eneva. Nós tivemos o cuidado de contemplar escolas em todas as regiões do município para haver maior integração entre a comunidade escolar e os programas desenvolvidos com as empresas”, destacou o secretário, reforçando que o município já conta com boas práticas na área da educação ambiental, através do projeto Hortas Escolares, implantados em algumas escolas municipais.

A Escola de tempo Integral José Maria Barros Pinho é um exemplo de como o projeto de educação ambiental Hortas Escolares funciona. Como explica o diretor da escola, Vinícius Abreu. “Temos um ambiente onde foi desenvolvida uma horta bastante variada, com participação de alunos aqui da escola. E neste período de pandemia, estamos realizando produção de vídeos com orientação de cultivo de plantação de hortaliças, plantas medicinais e fazemos uma interação com os alunos onde eles gravam vídeos mostrando como está desenvolvendo esse processo de acordo com o professor destinado a orientação ambiental remota”, salientou o diretor, destacando que a comunidade escolar do Pecém está bastante feliz com a inclusão da escola Barros Pinho neste novo projeto em parceria com a Eneva.

O Projeto Educação Sustentável terá duração de 6 meses. A Eneva vai arcar com os custos das hortas e das oficinas. Após esse período, o município dará continuidade ao projeto nas escolas.

As escolas contempladas com o projeto de Educação Sustentável são as seguintes:

Socorro Gouveia, na Sede, Joaquim Pacheco de Menezes, na Várzea Redonda, Cedi Daniel Correira Carvalho, na Tabuba, José Maria Barros De Pinho, no Pecém, João Moreira De Sousa, no Salgado dos Moreiras, Ester de Pontes Barroso, no Serrote, Alba Herculano, na Taíba, Dona Filomena Martins, no Siupé, Leorne Belém, na Acende Candeia, Porfírio de Araújo, no Croatá e Poetisa Abigail Sampaio, na Parada.

 

Agentes da Guarda Municipal de São Gonçalo do Amarante são testados para Covid-19

Todos os agentes da Guarda Civil Municipal de São Gonçalo do Amarante devem realizar teste para detectar a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A iniciativa é do Governo Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e do ComVida, que visa identificar, afastar e acompanhar os casos confirmados de servidores que estão trabalhando no enfrentamento ao coronavírus.

A Guarda Municipal de SGA tem cerca de 100 agentes e todos serão testados, tantos os sintomáticos, quanto os assintomáticos. Os testes começaram nessa quinta-feira, 6 de agosto de 2020.

Segundo o diretor municipal de Defesa Civil, Patrimônio e Cidadania, Major Everton Farias, todo o efetivo da Guarda Municipal tem estado na linha de frente das ações de combate ao coronavírus em SGA, juntamente com as equipes da Saúde, Vigilância Sanitária, Polícia Militar e Demutran.  “Mesmo com todos os cuidados como higienização dos espaços e distribuição de kits contendo máscaras, álcool em gel e óculos de proteção, devido a dinâmica do serviço, tivemos 32 afastamentos neste período de pandemia”, explicou.

Major Everton comemora a testagem dos agentes da Guarda Municipal e destaca que “essa testagem é de suma importância para identificarmos a real situação de nossos colaboradores. Os casos diagnosticados são imediatamente afastados e acompanhados, assim como todos os servidores municipais já testados”, ressaltou.

De acordo com a Coordenadora do Setor de Vigilância em Saúde, Kylvia Gardênia Torres, cerca de 800 profissionais da área da Saúde que estão na ativa contra o vírus, já foram testados. “Neste momento, estamos iniciando a testagem também, no efetivo da Guarda Municipal. Estamos mantendo rigoroso controle e seguindo todos os protocolos de segurança para garantir as condições de trabalho, preservando a saúde daqueles que estão na linha de frente no combate ao coronavírus”, explicou.

Ao todo, até esta quinta-feira, 6 de agosto de 2020, já foram testadas cerca de 4.200 pessoas de todas as localidades do município.

São Gonçalo do Amarante terá complexo educacional integrado à Secretaria de Educação

Quase mil estudantes do município de São Gonçalo do Amarante devem ser beneficiados diretamente com construção de um novo complexo educacional, que abrigará também a Secretaria Municipal de Educação (SME). Esse é o primeiro equipamento público do tipo a ser construído no Ceará.

O complexo contará com nova escola de ensino fundamental e novo centro de educação infantil, quadras esportivas, campos de futebol (society e de areia), piscina semiolímpica, anfiteatro, centro de formação de professores, além de abrigar todos os setores logísticos (incluindo garagem para ônibus escolares) e administrativos da SME.

A nova escola de ensino fundamental contará com 25 salas, cada uma delas tendo capacidade para 35 alunos, totalizando 875. Já o centro de educação infantil terá 6 salas de aula, com capacidade para 20 alunos cada, totalizando 120. De acordo com o Secretário de Educação de São Gonçalo do Amarante, Guerreiro Neto, “além do impacto direto para os estudantes das novas unidades, o novo complexo permitirá um melhor acompanhamento da secretaria sobre todos os processos envolvendo a educação em nosso município, já que ele está situado em um local estratégico geograficamente”.

Ele exemplifica o caso de grande parte da frota de ônibus escolares que teria um mesmo centro de partida e retorno. Embora localizado na Sede do município, o terreno em que está sendo construído o complexo tem acesso fácil ao distrito de Umarituba, um dos oito que constituem o município.  

“Com o novo equipamento, temos também uma economia de custos com aluguel e frete que pode ser direcionada a outros investimentos em educação para os gonçalenses”, conclui Guerreiro Neto.

Sub-categorias

Top